Menu fechado

Pr Evaldo “Fritz” J. Kriger

02/03/2019 | Avisos e Notícias, Cultos especiais, Pr Evaldo Kriger

12.2.1958 – 24.2.2019

Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé!
(2Tm 4.7)

Alegria e bondade definem a vida e obra do Pr. Fritz, dono de um sorriso fácil e constante, transmitido principalmente a cada domingo, quando cumprimentava a igreja dizendo: “Bom dia, gente querida!”

Clique para assistir ao vídeo do culto.

O Pr Fritz nasceu em Urupês (SP), filho do Pr. Verner e Alice Kriger. Aos 9 anos, foi batizado pelo pai. Sua família foi seu grande referencial de vida cristã.

Ao se decidir pelo ministério eclesiástico, para o qual se sabia chamado, formou-se primeiramente bacharel em Música Sacra, pelo Seminário Teológico Batista do Paraná, em 1982. Emendou em seguida o curso de bacharel em Teologia na mesma instituição, formando-se em 1986. Em 19 de dezembro de 1987 casou-se com Débora Mincoff Palma, sua colega no seminário. Mais tarde, o Pr Fritz fez ainda uma pós-graduação em Aconselhamento Bíblico pelo Seminário Teológico Batista Mineiro, que mantinha parceria com o South Eastern Baptist Seminary, da Carolina do Norte (EUA).

Depois da formatura, começou seu trabalho como professor no Seminário Bíblico Palavra da Vida, onde lecionou de 1986 a 1988. Em 1989, a 2ª Igreja Batista de Nova Odessa (SP) convidou-o para pastoreá-la. Durante este pastorado, nasceu a filha mais velha, Letícia. Ficou nessa igreja até 1995, quando aceitou o convite para ser diretor do Instituto Missionário Palavra da Vida, em Benevides/PA, onde permaneceu até 2001. No Pará, a família aumentou com o nascimento da Larissa.

Em 2001, a família Kriger mudou-se para Monte Verde (MG), para pastorear a igreja batista desta cidade. Ficaram lá até 2009, quando aceitaram o convite da Ibasp. A posse do Pr Fritz na Ibasp deu-se no dia 7 de fevereiro de 2010.

O Pr Fritz fica na nossa memória como um homem que amava a Deus de todo o coração. De personalidade humilde, fazia-se acessível a todos que o procuravam, dando a todos igual atenção e carinho. Ao mesmo tempo, era muito firme em suas convicções pessoais e teológicas, e sabia expressar sua posição sem fazer concessões a interesses que não combinavam com a palavra de Deus.

Suas mensagens eram sempre de fácil entendimento e ao mesmo tempo profundas, nunca deixando dúvidas quanto às implicações para a vida cristã dos seus ouvintes. Frequentemente, sua emoção no púlpito deixava claro que ele mesmo era o primeiro a aceitar a exortação da palavra de Deus para sua vida.

Seu amor por Deus e pela Bíblia tornavam-se especialmente claros quando dava estudos bíblicos. Seu dom de ensino abençoou muitas pessoas por onde passou.

Em 2010, recebeu diagnóstico de câncer, mas pela graça de Deus pôde conviver com a doença durante muitos anos sem dor nem outros impedimentos. Sua saúde começou a se deteriorar no início de 2017, chegando, em junho, ao ponto de não conseguir mais trabalhar. Desde então, estava em Ribeirão Preto com a esposa, recebendo tratamento médico. Agora o Pai celeste recolheu seu servo fiel para lhe dar a recompensa tão esperada, a vida eterna na presença de seu Salvador.

Deixa enlutados, mas consolados, a esposa, Débora, as filhas, Letícia e Larissa, os irmãos Edson e Eunice com suas respectivas famílias, a igreja, que o amava e respeitava profundamente, além de inúmeras ex-ovelhas, amigos, colegas pastores, conhecidos em todo o Brasil e no exterior.

O culto de Ação de Graças pela vida do Pr Fritz, no dia 25 de fevereiro, lotou o templo da Igreja Batista Alemã de São Paulo. Foi uma oportunidade de ouvir muitos testemunhos a respeito da pessoa e da atuação do Pr Fritz, além de cantar e ouvir alguns de seus hinos preferidos. Em seguida, o corpo foi trasladado para Nova Odessa, onde foi enterrado junto dos pais, como era seu desejo.