Menu fechado

Marcas de uma igreja viva

17/06/2019 | Cultos especiais, Mensagens, Pastores visitantes

Pr Thiago Weege – domingo, 16/6/19

Clique para ouvir a mensagem.

Texto bíblico básico: Atos 2.42-47

Depois de Jesus ter cumprido todo o seu ministério na terra ensinando, morrendo por nós na cruz e ressuscitando, ele antes de ascender ao céu encarregou seus discípulos de levar adiante sua obra. Para habilitá-los, prometeu-lhes o Espírito Santo.

O texto básico indicado acima mostra como isso aconteceu. O resultado da pregação de Pedro depois da vinda do Espírito Santo foi a formação da Igreja primitiva, logo de início com 3.000 membros.

A narrativa desse acontecimento apresenta uma igreja aparentemente perfeita.

Lucas, o autor, relata apenas o que a igreja tinha de bom, embora ela fosse composta de gente como nós – e sabemos por episódios posteriores que ela também tinha seus problemas, mas ela tinha principalmente algumas marcas que servem de exemplo para nós.

A propósito,

  • alguém já recomendou: “Se um dia você encontrar uma igreja perfeita, não entre, pois ela se tornará imperfeita!”
  • e que tal aprender com Lucas a se concentrar em falar bem e não mal dos nossos irmãos e da nossa igreja?

1ª marca: Uma igreja viva é uma igreja APOSTÓLICA (At 2.42a).

Bem entendido: Não é uma igreja que tem um apóstolo na liderança, mas uma que se baseia no ensino dos apóstolos.

Ela se baseia em Jesus Cristo, que disse: “Eu sou o caminho…”

2ª marca: Uma igreja viva é uma igreja INTERESSADA EM PESSOAS (At 2.42b).

Ela cultiva a comunhão e manifesta interesse pelas necessidades do próximo, lembrando-se do maior mandamento: “…amar o próximo como a si mesmo”.

Você sabe como o seu irmão está passando hoje?

3ª marca: Uma igreja viva é uma igreja ADORADORA (At 2.42c).

Adoração é um estilo de vida: “Quer comam, quer bebam, façam tudo para a glória de Deus”.

Esta marca destaca o cristão no meio em que vive – e Deus se manifesta a nós mesmo nos pequenos detalhes da vida.

Ela se revela na nossa disposição para exibir nossa vida cristã e ser mais do que um chamado “cristão 3S”: salvo, sentado, satisfeito…

4ª marca: Uma igreja viva é uma igreja EVANGELIZADORA (At 2.46-47).

“Sereis minhas testemunhas”, disse Jesus (At 1.8).

A evangelização, porém, não depende de nós – nós somos apenas instrumentos, mas precisamos estar disponíveis.

Consta que, na cidade de São Paulo, pouco menos de 22% da população se considera evangélica. Isto significa um desafio de – apenas localmente – levar o evangelho a pelo menos oito milhões de pessoas. Para isso é preciso relacionar-se com as pessoas.

Conclusão

A base das MARCAS é o RELACIONAMENTO:

  1. Relacionamento com a PALAVRA
  2. Relacionamento com as PESSOAS
  3. Relacionamento com DEUS
  4. Relacionamento com o MUNDO

Um compromisso pessoal:

  • Buscar a Deus
  • Servir aos outros
  • Amar a Deus
  • Falar do Seu amor

Programações

DOMINGO

EBD (adultos e crianças) - 9h
Informações

Culto - 10h30
Presencial e online

Culto - 19h
Apenas presencial

SÁBADO

Jovens e adolescentes - 19h
Informações: Instagram

No nosso canal do YouTube, você encontrará diversos outros materiais, como séries de mensagens, músicas dos coros e aulas de Escola Bíblica para adultos e crianças.