Menu fechado

Colheita madura

01/08/2022 | Mensagens, Pastores visitantes

Texto bíblico básico: Mateus 9.35-38

1. O local do ministério de Jesus

Jesus concentrou seu ministério (e os frutos deste) em sua própria terra, na Galileia, embora tenha realizado sua principal obra fora dela (sua morte e ressurreição em Jerusalém, na Judeia).

Para nós, seus seguidores, isto significa trabalhar agora onde estamos, mesmo que nosso verdadeiro foco esteja no futuro e talvez em outro lugar.

Assim, hoje o local de trabalho para nós é o mundo todo (Mt 13.38; 28; At 1.8), e esta tarefa ainda está inacabada – ainda restam no mundo 42% de povos não alcançados pelo evangelho.

O que é um povo?

É um grupo com um número significativo de indivíduos que se percebem tendo afinidade uns com os outros por causa de:

  • Língua
  • Cultura
  • Religião
  • Geografia
  • História

E o que são povos não-alcançados?

  • São aqueles em que não há uma comunidade nativa de cristãos;
  • Geralmente menos de 2% de cristãos nativos;
  • Não possuem acesso efetivo ao Evangelho.

Portanto: Existem necessidades espirituais em todo o mundo, mas não acesso ao Evangelho.

Existe, assim, grande necessidade de oração em favor das missões, tanto para encontrarmos nosso próprio caminho como para que Deus chame mais pessoas para trabalhar na “colheita”.

2. A estratégia do ministério de Jesus

Existe uma estratégia de evangelismo baseada em fazer amizades, mas Jesus evangelizava o povo principalmente por meio do ensino.

As palavras ensinar e pregar estão diretamente relacionadas ao ministério de Jesus. Por 52 vezes, o NT chama a nossa atenção para o fato de que Jesus estava ativamente ensinando e pregando – nas sinagogas, no templo, em barcos, na rua, no deserto, num monte, nas cidades e nos povoados.

Amizades levam muito tempo para serem construídas e os conceitos são diferentes dentro de cada cultura.

“Em algum lugar da raiz do evangelismo por amizade está o desejo e a pressão de que o missionário seja bem-sucedido no ministério. Em alguns casos, aqueles que dependem do evangelismo por amizade acabam tendo algo que não é nem amizade e nem evangelismo” (Roland Muller).

3. Evangelismo baseado no ensino

Requer atenção aos seguintes pontos:

  • Ser reconhecido como pessoa espiritual (homem de Deus);
  • Ficar quieto demais ou ser direto demais;
  • Amizade, ensino, proclamação e confrontação.

Jesus ensinava nas sinagogas, exmplo que Paulo também aplicou.

Tratava-se de identificar pessoas interessadas no evangelho. É Deus chamando seus filhos!

4. A compaixão de Jesus pelos povos

Seu coração comoveu-se por aqueles que lutavam com o pecado e as dificuldades da vida. Ele foi tocado com os sentimentos das enfermidades deles e preocupou-se com suas almas.

Para alcançar as pessoas, Jesus contextualizou sua mensagem, ou seja, encaixou-a no ambiente em que viviam.

Alex Machado – domingo, 31/7/2022


Programações

DOMINGO

EBD (adultos e crianças) - 9h
Informações

Culto - 10h30
Presencial e online

Culto - 19h
Apenas presencial

SÁBADO

Jovens e adolescentes - 19h
Informações: Instagram

No nosso canal do YouTube, você encontrará diversos outros materiais, como séries de mensagens, músicas dos coros e aulas de Escola Bíblica para adultos e crianças.