Menu fechado

Estejam seguros!

13/06/2022 | Mensagens, Pr Wilson Greve, Série "Perseverança"

Série Perseverança 9

Texto bíblico básico: 1Ts 3.6-13

A mensagem anterior a esta tratou da nossa firmeza na fé. Lembrando: Essa firmeza não provém de capacidade nossa, mas é graça de Deus.

A expectativa de Paulo

Quando Paulo escreveu a 1ª carta aos tessalonicenses, ele estava bastante preocupado com a firmeza desses cristãos recentes e desassistidos, apesar de sua percepção inicial ter sido muito boa:

Apesar do sofrimento que isso lhes trouxe, vocês receberam a mensagem com a alegria que vem do Espírito Santo e se tornaram imitadores nossos e do Senhor (1Ts 1.6).

Mas seria a fé deles firme, genuína e suficiente? Diante dessa preocupação, Paulo enviou Timóteo até lá para fortalecê-los.

Por essa razão, não suportando mais, enviei Timóteo para saber a respeito da fé que vocês têm (1Ts 3.5).

Entre os capítulos 2 e 3 da carta, chega-se a ter a impressão de que Timóteo retornou com boas notícias quando Paulo estava escrevendo. Com isso, o clima muda bastante e Paulo escreve:

Agora, porém, Timóteo acaba de chegar da parte de vocês, dando-nos boas notícias a respeito da fé e do amor que vocês têm. Ele nos falou que vocês sempre guardam boas recordações de nós, desejando ver-nos, assim como nós queremos vê-los. Por isso, irmãos, em toda a nossa necessidade e tribulação temos bom ânimo a seu respeito, por sabermos da sua fé (1Ts 3.6-7).

Portanto, a fé e o amor daqueles crentes eram realmente sinceros, confirmando aquilo que Paulo expressa em Romanos:

Estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura, nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor (Rm 8.38-39).

A saudade entre eles também era recíproca, e Paulo quis confirmar isso.

Quando um membro sofre, todos os outros sofrem com ele; quando um membro é honrado, todos os outros se alegram com ele. Ora, vocês são o corpo de Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo (1Co 12.26-27).

Desafio: Se você anda longe do corpo de Cristo, volte à comunhão com ele!

Agora vivemos, visto que vocês estão firmes no Senhor (1Ts 3.8).

A alegria e o desejo de Paulo

Como podemos ser suficientemente gratos a Deus por vocês, por toda a alegria que temos diante dele por causa de vocês? Noite e dia com perseverança oramos para que possamos vê-los pessoalmente e suprir o que falta à sua fé. Que o próprio Deus, nosso Pai, e nosso Senhor Jesus preparem o nosso caminho até vocês (1Ts 3.9-11).

Foi Deus quem fez a transformação de vida

Pois quem é a nossa esperança, alegria ou coroa em que nos gloriamos perante o Senhor Jesus na sua vinda? Não são vocês? De fato, vocês são a nossa glória e a nossa alegria (1Ts 2.19-20).

Pois é Deus quem efetua em vocês tanto o querer quanto o realizar, de acordo com a boa vontade dele (Fp 2.13).

Deus quer usar seus filhos como instrumentos

Paulo pede:

Orem também por mim, para que, quando eu falar, seja-me dada a mensagem a fim de que, destemidamente, torne conhecido o mistério do evangelho, pelo qual sou embaixador preso em correntes. Orem para que, permanecendo nele, eu fale com coragem, como me cumpre fazer (Ef 6.19-20).

Que o Senhor faça crescer e transbordar o amor que vocês têm uns para com os outros e para com todos, a exemplo do nosso amor por vocês. Que ele fortaleça os seus corações para serem irrepreensíveis em santidade diante de nosso Deus e Pai, na vinda de nosso Senhor Jesus com todos os seus santos (1Ts 3.12-13).

Que Deus continue a se revelar na vida dos crentes

De que modo se daria isso? Jesus responde:

Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: Ame o seu próximo como a si mesmo (Mt 22.37-39).

Para isso, é preciso amadurecer na fé, desenvolvendo o relacionamento com Deus e com os irmãos. Isso não é natural para nós – é preciso pedir a Deus que nos capacite. Assim,

Não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos. Portanto, enquanto temos oportunidade, façamos o bem a todos, especialmente aos da família da fé (Gl 6.9-10).

Que Deus continue a fortalecer a fé dos crentes até a sua volta!

O cenário é de lutas e perseguição, muito difícil, mas é Deus aplicando treinamento em nós:

Como é feliz o homem a quem disciplinas, Senhor, aquele a quem ensinas a tua lei; tranquilo enfrentará os dias maus, enquanto que para os ímpios uma cova se abrirá. O Senhor não desamparará o seu povo; jamais abandonará a sua herança (Sl 94.12-14).

Conclusão:

O Evangelho não é algo que nos diz o que devemos fazer para salvar-nos;
ele nos diz como Deus providenciou e produziu o seu único método de salvação
e como ele o aplica (Martyn Lloyd-Jones).

Pr Wilson R. Greve – domingo, 12/6/2022


Programações

DOMINGO

EBD (adultos e crianças) - 9h
Informações

Culto - 10h30
Presencial e online

Culto - 19h
Apenas presencial

SÁBADO

Jovens e adolescentes - 19h
Informações: Instagram

No nosso canal do YouTube, você encontrará diversos outros materiais, como séries de mensagens, músicas dos coros e aulas de Escola Bíblica para adultos e crianças.